10 Mortes muito bizarras de pessoas notáveis

Não pense que você já viu de tudo! Essa lista vai lhe mostrar as mortes mais bizarras que aconteceram com pessoas notáveis. Você não vai acreditar no que vai ler!

1. Ésquilo: Pai da Tragédia foi assassinado por uma águia e uma tartaruga por ser careca

Mortes Bizarras 1

O legado e obras do dramaturgo grego Ésquilo superam sua morte bizarra, mas o fato é que sua morte continua a ser uma das mais bizarras da história. Isso não é exagero. Ésquilo é reconhecido mundialmente como o pai da tragédia, pois ele foi o primeiro dos três grandes trágicos gregos antigos, juntamente com Sófocles e Eurípides. Esta é a parte conhecida da vida de Ésquilo. Agora, a parte bizarra da sua história está relacionada com sua morte. Na verdade, é o único caso documentado de morte humana diretamente atribuída a uma tartaruga. Parece que Ésquilo foi vítima de sua própria careca. De acordo com muitas fontes históricas, Ésquilo morreu quando uma águia faminta derrubou uma tartaruga em sua cabeça para que a casca pudesse quebrar e a águia poderia ter acesso à carne, aparentemente confundindo a cabeça careca com uma rocha. É provavelmente que seja a morte mais bizarra registrada nesta lista.

2. Pietro Aretino: O artista que morreu de tanto rir

Mortes Bizarras 2

Pietro Aretino era um homem muito interessante. E ele se torna ainda mais intrigante como pessoa, quando você aprende mais e mais sobre ele. Para alguém que viveu na era escura e cruel dos tempos medievais, Aretino foi realmente muito arrojado e corajoso. Ele era um dramaturgo e um autor com uma enorme influência na arte e política. No entanto, o que o deixou ainda mais ousado foi o fato de que ele costumava ignorar as autoridades locais e religiosas rigorosas e os retratava em suas obras. Um humorista impenitente e um verdadeiro pioneiro da pornografia moderna, ele morreu como viveu, como um homem feliz e selvagem. Embora existam diferentes versões de sua morte e como as coisas aconteceram, a versão mais confiável implica que Aretino morreu de asfixia durante uma festa com amigos depois de rir sem parar.

3. Draco: O ateniense legislador que foi sufocado até a morte por seus adoradores

Mortes Bizarras 3

Draco foi conhecido ao longo da história como um dos primeiros legisladores de todos os tempos. Na verdade, ele foi o primeiro legislador que sistematicamente registrou em forma escrita uma série de códigos e leis, que mais tarde compreenderam a primeira constituição de Atenas e substituíram o sistema dominante de lei oral. As leis de Draco eram exatamente como seu criador: claras, rigorosas e, em muitos casos desumanas. Draco era conhecido como um homem que valorizava o Estado e os interesses públicos mais do que o ser humano. Mesmo para os padrões modernos, o termo “lei draconiana” refere-se a qualquer lei invulgarmente severa. No entanto, os cidadãos atenienses pareciam ser muito gratos ao legislador, apesar da natureza cruel de suas leis, uma vez que viram nele o homem que representava a justiça divina. Sua valorização foi fatal. Quando ele estava visitando a ilha de Egina para ser homenageado na frente de uma grande multidão durante um evento teatral, Draco estava coberto com tantos chapéus e capas que ele sufocou até a morte. Draco foi literalmente “morto por seu apreço”.

4. Tennessee Williams: uma tampa de frasco torna-se uma arma mortal

Mortes Bizarras 4

Tennessee Williams é provavelmente um dos maiores dramaturgos da história do teatro americano e a maioria das pessoas está familiarizada com suas obras e textos. Sua carreira incrível durou quase seis décadas e algumas de suas peças, como The Rose Tattoo e Cat on a Hot Tin Roof, são consideradas clássicos instantâneos. No entanto, o que muitas pessoas não sabem sobre Williams é um ritual bizarro dele, um ritual que lhe custou a vida. Enquanto estava em seu quarto de hotel de Nova York, Williams estava aplicando um colírio, seguindo uma ordem específica: ele iria abrir a frasco que continha o colírio, então ele colocaria a tampa na boca, se inclinaria para trás e colocaria seu colírio em cada olho. Bem, as coisas naquela noite não saíram da maneira correta. O relatório do médico legista iria mostrar que ele morreu engasgado com a tampa do frasco de colírio que ele tinha usado. Havia especulações de que Williams poderia ter sofrido uma overdose de uma quantidade excessiva de drogas e álcool naquela noite, mas nunca foi oficialmente comprovado.

5.Li Bai: ele tentou beijar a Lua e morreu por ela

Mortes Bizarras 5

Apesar de Li Bai ser uma das figuras mais importantes da poesia chinesa, ele não conseguiu entrar no “mercado ocidental”. Famoso por seu romantismo excessivo e amor pela beleza natural e tudo o que nela inclui, Li Bai morreu exatamente como ele viveu, como um romântica incurável e um amante dedicado da Mãe Natureza. Li Bai se tornou famoso como o homem que tentou beijar a lua. Isso veio com um custo muito alto: sua própria vida. Li Bai tentou beijar o reflexo da lua na água ao lado de seu barco quando ele caiu no mar e se afogou. As pessoas que o conheciam melhor o descreveram como um homem que lutava contra o alcool e consideraram muito possível a hipótese dele não estar sóbrio durante o incidente fatal. Ironicamente, apenas algumas semanas antes de sua morte, ele escreveu um poema intitulado “Sozinho e bebendo sobre a Lua”.

6. Arius: O homem que morreu de diarréia

Mortes Bizarras 6

Arius foi um sacerdote muito poderoso e influente cristão presbiteriano durante sua vida. Em alguns casos, tornou-se a principal figura por trás de grandes controvérsias, com a “controvérsia ariana” sendo um dos exemplos mais característicos. Seus ensinamentos sobre a divindade do Pai sobre o Filho tornou-o famoso em todo o mundo cristão, e sua oposição à cristologia trinitária fez dele o tema principal do primeiro Concílio de Nicéia. Apesar de toda a popularidade e influência que o homem gozava enquanto era vivo, parece que ele será sempre lembrado pela maneira bizarra que morreu. De acordo com as descrições gráficas de Sócrates Escolástico, Arius estava andando pelo fórum imperial de Constantinopla, quando sofreu uma diarréia repentina seguida por hemorragia, o que fez com que seus intestinos fossem expulsos por seu ânus. Muitos de seus inimigos entenderam que a morte de Arius foi milagrosa e uma conseqüência de suas opiniões heréticas, quando na realidade não era nada disso, mas o resultado de envenenamento.

7. Jim Creighton: Um Home Run tornou-se literalmente mortal

Mortes Bizarras 7

Mesmo Jim competindo numa época onde o basebol era nada mais que um esporte amador, ele foi um dos primeiros astros do esporte e o tipo de jogador que excitou a multidão como nenhum outro. Apesar de todo o talento e carisma, Jim teve, como jogador, má sorte e o destino tinha outros planos para ele. Em 1862, Jim tinha alcançado o pico absoluto em termos de popularidade e ele estava dominando o jogo. Ele foi tão bom que conseguiu vários home runs durante um jogo. No entanto, um home run o matou. Foi numa tarde em outubro de 1862, quando Jim se machucou no que seria o último jogo de sua vida. Ele sofreu uma hérnia abdominal ao bater um home run. A ruptura causou hemorragia interna e Jim morreu apenas quatro dias depois.

8. Pyrrhos de Épiro: Uma telha mata um dos maiores generais de todos os tempos

Mortes Bizarras 8

De acordo com Aníbal de Barca, Pyrrhos foi o maior estrategista militar e general que já apareceu, perdendo apenas para Alexandre, o Grande. Durante o seu reinado incrível, ele conseguiu tornar-se o rei de Épiro e rei da Macedónia Antiga, entre outras cidades-estados gregas. Ele também se tornou Governador da Sicília e era o único general grego que tinha batido Roma em seu apogeu. Muitos historiadores concordam que, se ele tivesse vivido mais tempo, talvez a história pudesse ter sido um pouco diferente. Infelizmente para ele e para a Grécia, não foi o caso. Depois de sobreviver a inúmeras batalhas e guerras sangrentas, ele sofreu uma morte bizarra. Durante uma disputa cívica em Argos, Pyrrhos se viu preso nas ruas estreitas da cidade, quando uma mulher velha, espiando-o a partir do telhado de sua casa, jogou uma telha que lhe surpreendeu. A maioria dos historiadores concorda que o matou instantaneamente, permitindo que um soldado de Argos pudesse decapitar seu corpo já morto.

9. Hans Steininger: O homem com a mais longa, e mortal, Barba no Mundo

Mortes Bizarras 9

A única coisa certa é que, se o Livro Guinness de Recordes existisse quando Hans estava vivo, o homem iria realizar um de seus muitos recordes bizarros. Hans Steininger foi um homem austríaco que ficou famoso por ter a barba mais longa do mundo. De acordo com várias estimativas, sua barba tinha mais de 1,50 metros de comprimento, e ele se tornou ainda mais famoso depois que morreu por causa disso. Pode parecer inacreditável e engraçado (embora a morte de alguém nunca seja engraçada), mas parece que um dia Hans, acidentalmente, tropeçou em sua longa barba. Ele perdeu o equilíbrio e caiu, quebrando o pescoço no acidente inesperado! Ele morreu instantaneamente.

10. Béla I, da Hungria: Um rei que foi morto por seu próprio trono precioso

Mortes Bizarras 10

Béla I foi um rei “decorado” da Hungria, que liderou seu país em uma campanha de guerra muito bem sucedida e vitoriosa contra o Sacro Imperador Romano Henrique III para defender a independência da Hungria. Béla I teve um sonho quando era ainda muito jovem quando ele queria se tornar rei e ele não iria descansar até conseguir. No entanto, no seu caso, não foi uma coisa fácil. Béla teve a má sorte de vir de uma família grande, com vários irmãos, primos e sobrinhos e todos os sucessores ao trono. Finalmente, depois de muitas lutas e batalhas, ele conseguiu se tornar o rei da Hungria em 1060, mas ele não iria usufruí-lo por muito tempo. Seu reinado foi interrompido violentamente apenas três anos depois, quando Béla estava se preparando para uma campanha militar contra Henrique IV, que apoiou a reivindicação de Salamon ao trono. Infelizmente, Bela morreu de ferimentos graves sofridos quando a estrutura de madeira do seu trono entrou em colapso. O homem morreu, literalmente, pelo o que tinha lutado durante sua vida: seu próprio trono.

Fonte: 1

2 comments

  1. Carlos   •  

    Faltou a história do Sr. Jack Daniels, que morreu pelo dedinho do pé após acertar um chute no próprio cofre 🙂

  2. Sílvia   •  

    Super interessante o post.
    Parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *