10 explicações lógicas para fatos da Bíblia

A Bíblia é um dos livros mais controversos da Terra. Abra-o em qualquer página aleatória e você encontrará conto depois de conto de feitos impossíveis, burros falantes, e outras coisas que parecem dar um soco na boca da ciência. Ou não? Acontece que a razão e os milagres religiosos podem não ser tão incompatíveis quanto as pessoas pensam. Não estamos dizendo que qualquer uma das seguintes explicações são verdades absolutas, mas com certeza são convincentes.

10 – A torre de Babel era um gigantesco Zigurate

10

Mesmo em meio a todos os contos emblemáticos do Gênesis, a história da Torre de Babel se destaca. Em nove linhas, ela nos conta como os homens arrogantes da Terra decidiram construir uma torre tão grande que poderia caracterizar como uma peça em escala MI:5. Como já teríamos provavelmente notado uma mega torre no Oriente Médio, a história tem que ser uma fábula, certo?

Bem, há alguns anos atrás, os estudiosos chegaram a traduzir algumas tabuletas cuneiformes muito antigas. Acredita-se que cerca de 2.500 anos de idade, uma delas continha uma descrição de um zigurate gigante construído pelo rei babilônico Nabucodonosor II. Na época em que foi construído, este enorme objeto parecido com uma pirâmide teria sido a maior coisa em centenas de quilômetros. Mas o argumento decisivo vem de uma gravura descrevendo como Nabucodonosor reuniu “todos os povos do mundo” para construir a sua torre.

Graças a inscrições nas paredes em toda a Babilônia, o zigurate e sua equipe de construção multi-lingue teriam sido conhecidos por todos no antigo Oriente Médio – inclusive o autor do Gênesis.

9 – O Mar Vermelho foi dividido por um furacão

9

A história de Moisés é uma das mais famosas peças do Antigo Testamento. Ao longo de quatro livros inteiros, vemos o primeiro profeta de Israel crescer de um garoto órfão a um velho excêntrico pisando em torno do deserto. Mas é em Êxodo, onde o material surpreendente acontece – como quando Deus divide o Mar Vermelho para permitir que os israelitas escapassem do Egito. O que é menos conhecido é que esta não foi a única vez que tal milagre ocorreu.

Em 1882, as águas profundas no Lago Manzala inesperadamente se separaram, permitindo que um grupo de pescadores locais atravessasse. Mais do que a mão de Deus, isso foi causado por algo conhecido como “vento estagnado”, uma forma elegante de dizer que o vento soprava rápido o suficiente no ângulo correto para criar uma ponte de terra temporária. Quando os pesquisadores aplicaram isto ao que sabemos do Nilo antigo, descobriram que um vento leste soprando a 101 quilômetros por hora por 12 horas teria sido o suficiente para criar uma ponte com duração de quatro horas inteiras. Isso é tempo suficiente para um bando de israelitas passarem.

Mas certamente Moisés atravessou o Mar Vermelho e não o Nilo? Bem, a Bíblia hebraica, na verdade, especifica que eles atravessaram o “Mar Vermelho” e “vermelho” é algo que o Nilo tem de sobra.

8 – Sodoma e Gomorra foram destruídas por um meteoro

8

O destino das cinco cidades da planície é tão infame que até mesmo ateus convictos ouviram falar dele. Sodoma e Gomorra, as covas imorais de pecado, pereceram quando foram bombardeadas pelo fogo de Deus.

Foram mesmo? Ao longo dos anos, várias teorias têm sido propostas para esta chuva de fogo – e a maioria delas favorece detritos espaciais sobre a ira de Deus. Segundo uma delas, a Terra passa através de uma grande nuvem de meteoritos a cada 2.500 anos – aproximadamente. Com a última passagem ocorrendo por volta de 2200 aC, está perfeitamente alinhado com o período que Sodoma e Gomorra poderiam ter existido. Pelo que nós sabemos, 40 cidades-estado sofreram enormes catástrofes – possivelmente relacionadas com um meteoro.

Uma teoria um pouco diferente aponta para um antigo cuneiforme descrevendo um impacto de um asteroide em ângulo baixo em 3123 aC. Embora a rocha propriamente dita tenha caído para a Europa, o ângulo em que impactou poderia ter causado uma nuvem superaquecida de ar para trás ao longo do Mediterrâneo e acendeu o céu acima do Levante, Sinai, e do Norte do Egito. Cada cidade teria se transformado instantaneamente em um inferno. Isso soa familiar?

7 – O Apocalipse foi uma viagem mítica de drogas

7

O Livro do Apocalipse (conhecido como Revelação) é uma das partes menos compreendidas da Bíblia. De acordo com uma teoria, a coisa toda não passa de uma viagem de cogumelos.

Agora, devemos ressaltar que se trata de uma teoria fria que provavelmente não devemos evitar por duas razões. Um: há um link provado cientificamente entre o uso de substâncias psicodélicas e sentimentos de experiências religiosas. Dois: o cérebro de pessoas sob experiências religiosas parece bastante similar àquelas embarcando em uma viagem épica estilo Pink Floyd.

Em outras palavras, alguns cientistas suspeitam que sentimentos religiosos e alucinações podem estar entrelaçados em nosso cérebro. Adicione isso ao que sabemos sobre o uso de drogas em centenas de religiões pela história – do Hinduísmo ao Islã e aos Maias – e a ideia de um livro da Bíblia ter sido inspirado por drogas começa a soar no mínimo plausível. Há até uma escola de pensamento que alega que todas as experiências religiosas são resultado de rituais com uso de drogas. Deixamos você decidir o quão verdadeiro isso pode ser.

6 – Cain e Abel trata de genocídio

6

Vindo logo após a Queda do Homem, a história de Cain e Abel é como a sequela mais sangrenta em que a humanidade se inclina mais baixo do que nunca, criando assassinato. Após a oferta do agricultor Cain ao Senhor ser rejeitada em favor do pastor Abel, Cain mata seu irmão em um acesso de raiva cega. Embora pareça um conto simples, alguns pensam que há algo mais profundo na obra. Algumas pessoas pensam que toda a história é uma parábola para o primeiro genocídio da humanidade.

Apenas algumas dezenas de milhares de anos atrás, nós, Homo sapiens, estávamos compartilhando nosso planeta com o homem de Neandertal. Então, de repente, o homem de Neandertal desapareceu. Há uma abundância de teorias a respeito de por que isso pode ter acontecido. Uma delas é que nossos ancestrais massacraram – e, possivelmente, comeram – os nossos concorrentes.

Como Abel, os neandertais eram pastores. Como Cain, os seres humanos eram agricultores. É possível que a sua história seja simplesmente uma memória popular distorcida da nossa onda de assassinatos mais cedo? Talvez nunca venhamos a saber.

5 – As 10 pragas do Egito foram causadas por mudanças climáticas

5

Apenas umas duas páginas antes de dividir o mar, Moisés testemunhou outro grande evento da Bíblia: as 10 pragas do Egito. Insetos, rios de sangue, escuridão eterna… como algum cientista poderia explicar isso? Bem, uma teoria é que isso tudo pode ter sido causado por mudanças climáticas.

Seguindo décadas de chuvas e clima bom, uma mudança bruta a um clima perigosamente seco aparentemente causou pânico no antigo Egito. Com o Nilo estagnado, foi o apertar do gatilho para uma série de acontecimentos – incluindo enxames de mosquitos e a erupção de algas vermelhas pelo rio. Quase todas as pragas – doença, furúnculos, sapos – podem ter sido causadas pelo rio estagnado e pelos insetos, enquanto as outras podem ter sido “acionadas” por uma erupção distante.

3.500 anos atrás, a ilha vulcânica Thera explodiu em uma jorrada apocalíptica. Com tanta cinza flutuando ao redor, coisas como escuridão prolongada e tempestades ferozes seriam completamente possíveis. Para os israelitas – que não eram lá grandes fãs dos egípcios -, deve ter parecido como Deus falando a seu favor.

4 – O Jardim do Éden trata de agricultura

4

Todos somos familiarizados com o Jardim do Éden. Um lugar perfeito onde o homem vivia livremente com os animais. Perdido para sempre quando Adão e Eva foram expulsos. Se a maioria de nós pensar nisso, provavelmente chegaremos à conclusão que o Éden é simplesmente um mito. Mas uma teoria tem uma interpretação diferente. A história toda é uma metáfora para a humanidade abandonando sua cultura natural.

Em algum ponto no nosso passado distante, nossos ancestrais eram praticamente de uma cultura agrícola. Conhecida como Revolução Neolítica, essa transição foi que nos possibilitou criar sociedades, cidades, civilizações, e o mundo moderno. Em geral, era claramente algo bom. A grosso modo, no entanto, significou uma transição de um mundo livre e puro para um mundo onde se dá jeito nas costas de tanto trabalho, vida mais curta e muito mais chances de doenças. É especulado que esse choque de culturas teve um impacto em nossa memória coletiva e resultou em incontáveis histórias. Deus condena Adão a trabalhar por ter comido da Árvore do Conhecimento.

3 – A inundação de Noé foi causada por derretimento de gelo

3

Tão recente como 10.000 aC, muito do que chamaríamos de “mundo moderno” ficou escondido sob uma camada de gelo. Geleiras correram pela América do Norte, Europa e Ásia, e era tudo bem gelado. Então, alguns milhares de anos antes de metermos nossa cara em coisas como a escrita e a roda, o planeta começou a aquecer.

Conforme a Terra esquentava, os níveis do mar teriam calmamente ascendido. É teorizado que, na época, o Mar Negro era um lago cercado por terras. Então, em algum momento em 5.000 aC., o Mediterrâneo se ergueu o bastante para inundar tudo.

Segundo o cientista por trás desta teoria, a água teria corrido 200 vezes mais forte que as Cataratas do Niagara e submergiu 150.000 quilômetros quadrados de terra. Para as pessoas vivendo na região na época, deve ter sido como um apocalipse. Milhares teriam morrido, e qualquer um que sobrevivesse teria assumido que foi poupado por Deus. É agora pensado que a história dessa mega inundação foi preservada oralmente na história da região, eventualmente se transformando na história de Noé que conhecemos hoje.

2 – O arbusto em chamas estava em território vulcânico

2

É o primeiro momento em que Moisés percebe que foi escolhido por Deus – um arbusto em chamas perante ele sem se transformar em cinzas. Mas o físico Colin Humphreys da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, pensa que este evento milagroso tenha uma explicação totalmente não-milagrosa. De acordo com sua teoria, o mato só estava crescendo sobre uma abertura vulcânica.

Em um livro incrivelmente longo sobre o assunto, Humphreys demonstra como uma acácia endêmica na região de crescimento ao longo de um respiradouro vulcânico pode ter irrompido espontaneamente em chamas devido ao escape de calor. Como arbustos de acácia são conhecidos por criar excelente carvão, um que acendeu poderia muito bem parecer estar queimando sem fim, dando a impressão de que o espírito de Deus estava próximo.

1 – Jesus possivelmente andou sobre gelo

1

Além da ressurreição, o mais famoso dos milagres de Jesus é provável o tempo em que Ele andou sobre as águas. Mas há uma escola de pensamento que afirma que tal coisa não aconteceu. De acordo com essa teoria, Jesus estava realmente andando sobre gelo.

Isso não quer dizer que todo o lago estava congelado, ninguém em sã consciência acharia isso impressionante. Em vez disso, pensa-se que algo conhecido como “gelo mola” causou folhas ​​de gelo grosso. Isso geralmente ocorre em lagos de água doce com correntes de água salgada quente correndo por eles, condições que descrevem perfeitamente o antigo mar da Galiléia. Tanto quanto a teoria, Jesus poderia ter andado em um pedaço de gelo escondido, mesmo com os seus discípulos flutuando na água.

Agora, obviamente, esta teoria tem alguns buracos. Na história bíblica, Pedro saiu e fez uma caminhada na água ao lado de Cristo, o que levanta questões sobre como ele não percebeu a placa de gelo gigante. Depois, há alguns cientistas que contestam o mecanismo por trás das “molas de gelo.”

Mas essa é a beleza dessas teorias. Com coisas que aconteceram há muito tempo atrás, nós nunca vamos conseguir uma resposta definitiva. Tudo o que podemos esperar fazer é provocar o debate e fazer-nos pensar seriamente, com mentes abertas sobre as histórias que crescemos ouvindo. E isso nunca é uma coisa ruim.

Fonte: 1

16 comments

  1. juliano   •  

    E a 11º, o autor dessas asneiras todas deve estar inspirado diretamente pelo demônio(que desde os primórdios tenta desmentir Jesus),alem de ser um completo retardado,só tu deve acreditar nessa teoria redicula.

    • lidy   •  

      cada um acredita no que quer.

    • Mito   •  

      Claro, pois as histórias da biblia são todas plausíveis, não?

  2. FELIZMENTE ATEU E RACIONAL   •  

    NÃO EXISTEM EXPLICAÇÕES LÓGICAS PARA A GIBIBLIA, POIS ELA É MENTIROSA E UTÓPICA !
    APENAS UMA VERSÃO PARA ADULTOS FRAGEIS MENTALMENTE !!!

    • eu   •  

      Ateu racional?????
      Quanta incoerencia.

    • raf@o   •  

      scuta so, a biblia nao è uma invencao. a 1@ lei de newton diz q nenhum corpo se move sem uma forca externa (isso è pura verdade) a pergunta è oq è q nos move? de onde vem os pensamentos? pense muito bem antes de falar asneiras

  3. Jefferson   •  

    E você nasceu de uma foda mal dada.

    • Mito   •  

      Ah, o amor cristão. Que coisa bela.

  4. Tiago   •  

    Sempre tem religioso atrapalhando as afirmações que na verdade, a maioria, são óbvias…
    Eu vim aqui nos comentários esperando isso, pois já sei que religioso é tudo preso na mente de drogado criado pela sociedade de pessoas feitas de terra.

  5. Luis   •  

    São todos hereges , seguidores do anti-cristo , porém , nada que uma doação substancial a igreja não resolva.

  6. Maria   •  

    Porque todos que contestam as ”Histórias Bíblicas” ou não creem em Deus estão possuídas pelo Demônio? Se não creem que Deus existe, porque vão crer na existência do Demônio?
    Cada um é o que é, acredita no que quer e cuida da sua própria vida.
    Respeitar a opinião alheia não custa nada…se são tão religiosos porque são tão intolerantes?
    Não seria melhor orar amado irmão?
    Se a salvação é individual pq se preocupa com a alma dos outros?
    As pessoas mais intolerantes são as que se dizem acreditar em Deus…por isso tanta guerra no mundo.
    Quando se diz: Amar ao próximo como a ti mesmo…não se faz acepção de pessoas, então pouco importa as crenças religiosas.
    RESPEITO É O QUE FALTA!!! Ninguém é boneco de fábrica, cada um é cada um. Independente se é Ateu, Religioso…etc.

  7. jessica   •  

    Acredito na biblia e que ela foi inspirada por Deus..respeito a opiniao de cada um, mas eu sei que na hora da dificuldade ou da morte muitos q se dizem ateus vao clamar seu nome,pois qual eh o sentido desta vida tao curta e passageira.. prefiro crer q um dia viverei eternamente com aquele q me criou..

  8. jhonatan   •  

    è incrivel como o ser humano tentar esplicar sua propria existencia de maneira erronia,
    se for para ver até mesmo moises fugiu no mesmo dia e na mesma hora que o furacão iria ocorrer…….
    é a mesma coisa de dizer que eletinha aparatos melhores do que o seculo 21…..
    pra mim perdi 10 min da minha vida lendo essa PORRA…..

    • Lipe   •  

      Eu que perdi meu tempo, tentando entender seu português genuíno

  9. jessica   •  

    Realmente a salvacao eh individual!amar ao proximo como a ti mesmo eh nao ser egoista ao ponto de nao dizer quao maravilhoso eh servir a este Deus..a escolha eh de cada um, ninguem eh obrigado a aceitar Jesus como salvador, mas aqueles q o conhecem tem obrigacao de dizer sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *