10 Coisas que foram surpreendentemente roubadas

Notícias de coisas como carros e outros pertences que foram levados de seus donos são bem comuns nos jornais. Porém, alguns roubos são tão absurdos que ganham proporções mundiais e viram manchete em qualquer lugar do globo.

Confira agora algumas coisas inacreditáveis que foram roubadas, por ladrões que podem ser descritos como, no mínimo, muito ousados.

1 – Um violino de 3,5 milhões de dólares

Os violinos Stradivarius são os mais caros entre todos os instrumentos musicais do mundo. Em 1995, o violino conhecido como Davidoff Morini Stradivarius – que valia 3,5 milhões de dólares, foi roubado de seu dono. É improvável que um instrumento deste calibre tenha sido revendido, mas ninguém descobriu exatamente o que aconteceu com ele ou a razão do roubo.

coisas-surpreendentemente-roubadas-1

2 – 300 Tampas de bueiro

Há algumas décadas, Los Angeles passou por uma confusão quando as tampas das ruas começaram a desaparecer pela cidade. No total, 300 foram roubadas e eram muito pesadas e difíceis de carregar. A polícia capturou os ladrões em 1990, que estavam vendendo os tampões para um ferro velho.

coisas-surpreendentemente-roubadas-2

3 – Um sino budista

Um monastério budista em Washington era o abrigo de um sino que pesava 1,36 toneladas e foi roubado sem que nenhum monge tenha percebido. Os ladrões foram pegos alguns anos mais tarde, depois de levantarem suspeitas ao tentarem vender o sino para um ferro velho.

coisas-surpreendentemente-roubadas-3

4 – O Grito, de Edvard Munch

Roubo de arte não é apenas coisa de filme. Esta é uma das pinturas mais famosas e valiosas do mundo, mas ela foi roubada do Museu Munch, na Noruega, em 2004. A pintura permaneceu desaparecida por mais de dois anos, até que foi finalmente recuperada.

5 – Os sapatinhos vermelhos de Dorothy

O Mágico de Oz é um clássico do cinema, assim como os sapatinhos de rubi da personagem Dorothy. Porém, os sapatos foram roubado há dez anos, no Garland Museum, em Grand Rapids, nos estado de Minnesota, e não há a menor notícia sobre onde eles possam estar. Recentemente, um fã anônimo estava oferecendo US$ 1 milhão para quem tivesse informações precisas sobre o paradeiro do par desaparecido.

coisas-surpreendentemente-roubadas-5

6 – A Mona Lisa, por Leonardo da Vinci

A obra de arte mais famosa do mundo já foi roubada do Museu Louvre em 1911. O roubo aconteceu em um dia em que o museu estava fechado e a ausência do quadro só foi notada no dia seguinte. O quadro ficou desaparecido por mais de dois anos e foi recuperada quando o ladrão foi capturado ao entregar a obra para um vendedor de antiguidades de Florença, na Itália.

coisas-surpreendentemente-roubadas-6

7 – Um tubarão vivo

Não, você não leu errado! Em 2008, um casal inglês informou que um tubarão de espécie rara no valor de £ 2.500 tinha sido roubado de um tanque em seu galpão. Eles possuíam um casal da espécie para reprodução e dirigiam um Centro Subaquático. Não houve notícias do ladrão corajoso que resolveu roubar um tubarão vivo.

coisas-surpreendentemente-roubadas-7

8 – Esqueletos de dinossauro

O paleontólogo Eric Prokopi roubou vários fósseis que estavam na Mongólia e confessou o crime em 2012. Ele revelou que teria levado cerca de um ano para remontar cada esqueleto a partir dos ossos roubados e teria vendido um dos esqueletos em um leilão por quase U$ 1 milhão.

coisas-surpreendentemente-roubadas-8

9 – Uma ponte de 10 toneladas

Engenhoso e inacreditável, o roubo aconteceu em plena luz do dia, no oeste da República Tcheca. A ponte, datada do ano de 1901, foi roubada com a ajuda de um guindaste. Os ladrões se passaram por uma empresa privada, que teria sido contratada pelo órgão que administra o transporte ferroviário no país, com a justificativa de que a ponte estava sendo removida para a construção de uma pista para ciclistas. Provavelmente, a ponte foi vendida para um ferro velho.

coisas-surpreendentemente-roubadas-9

10 – Empire State Building

O arranha-céu tão conhecido mundialmente foi roubado pelo jornal Daily News, mas obviamente não desapareceu. Ao invés disso, vários documentos foram forjados, bem como nomes e selos, para transferir a propriedade do edifício. Segundo o jornal, os responsáveis pelo golpe só precisaram de 90 minutos para preencher os papéis falsos e transferir a propriedade para um novo dono. Mas, isso tudo foi por uma boa causa – o objetivo do jornal era mostrar o perigo de uma brecha legal que existe na lei local, pela qual não se requer a intervenção de um funcionário para verificar as informações fornecidas neste tipo de transação.

coisas-surpreendentemente-roubadas-10

 

Fonte: 1

1 comment

  1. Hilda   •  

    Meu Deus, o que as pessoas não fazem para conseguirem dinheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *