12 Tendências esquisitas que inacreditavelmente já foram moda em algum momento

É incrível como existem grupos com certas peculiaridades nos quatro cantos do mundo. Cada povo tem seus costumes, suas tradições e tendências, que embora possam parecer bizarras para alguns, para outros são normais.

Algumas tendências esquisitas acabaram virando moda entre grupos em uma determinada época, e algumas permanecem até hoje.

1 – Dentes pretos, Japão

Ohaguro era uma prática japonesa de pintar os dentes de preto, que persistiu até o final do século XIX. Essa pintura não tinha apenas função decorativa – também protegia os dentes e ajudava a combater a deficiência de ferro no organismo, pois consistia em uma solução de acetato de ferro com outras substâncias.

2 – Tatuagens próximas à boca, Ainus

As mulheres do grupo indígena dos Ainus costumava tatuar “sorrisos” no rosto, mais parecidos com bigodes. Acreditava-se que esses tipos de tatuagens ajudavam a arranjar um casamento e conseguir “paz no outro mundo”. O desenho era feito em várias etapas, começando aos 7 anos de idade.

3 – Tatuagens pagãs, Bálcãs

Em algumas aldeias da Bósnia, da Croácia e da Albânia, as mulheres tatuavam os braços com símbolos solares. Esses desenhos são vestígios das raízes pagãs dos eslavos dos Balcãs e significam proteção. Uma vantagem adicional dessas tatuagens era que, as meninas tatuadas dessa forma não eram sequestradas pelos turcos e levadas aos seus haréns.

4 – Unhas muito grandes, China antiga

Entre os nobres da China, havia a tendência de manter as unhas longas, que significavam riqueza. Além disso, acreditava-se que ter unhas tão longas tornava mais fácil se comunicar com os espíritos. Algumas pessoas faziam até capas especiais para suas unhas, de ouro ou decoradas com pedras preciosas.

5 – Cabelos muito longos, Yao – grupo étnico da China

Na vila chinesa Huangluo vivem mulheres que são famosas por seus cabelos longos. Algumas chegam a ter madeixas de até dois metros de comprimento! Segundo a crença dessa etnia, cabelos grandes significam saúde, longevidade e prosperidade. As mulheres podem cortar o cabelo apenas uma vez, aos 16 anos.

6 – Rosto tatuado, Maoris

Os Maoris são pessoas famosas por suas tatuagens. Além dos corpos, os homens tatuavam todo o rosto e as mulheres apenas o queixo, a parte superior do pescoço e os lábios.

7 – Ausência de cílios, Europa Medieval

Em um certo período na Europa, ter muitos cabelos não era visto como algo bonito. Algumas mulheres raspavam inclusive as sobrancelhas e removiam os cílios. Provavelmente, essa tendência bizarra surgiu devido ao raquitismo que causou a queda do cabelo em algumas pessoas. As mulheres acabaram se acostumando e adotaram o visual.

8 – Sobrancelhas com formatos esquisitos, China Antiga

Na China, já houve uma tendência de raspar as sobrancelhas e desenhar novos formatos bem estranhos – ondulados, retos, circulares, etc.

9 – Crânios alongados, várias partes do mundo

A  modificação craniana artificial já foi popular em várias nações e em diferentes épocas. O desenvolvimento natural da cabeça das crianças era alterado pela aplicação de força, exercida por faixas de tecido.

10 – Pernas dos homens à mostra, Europa

Na Idade Média, enquanto as mulheres escondiam as pernas sob suas longas saias, os homens, pelo contrário, faziam questão de deixá-las à mostra. Eles usavam meias para destacar suas panturrilhas, e aqueles que não possuíam pernas grossas, usavam enchimentos especiais.

11 – Concurso de beleza masculina, tribo Wodaabe, Nigéria

Normalmente as mulheres são mais vaidosas que os homens, mas na tribo Wodaabe o que ocorre é o contrário disso. Há até um concurso de beleza masculino, onde os homens destacam a brancura dos olhos e dentes, fazendo pinturas no rosto. As mulheres são as juízas do concurso.

12 – Nariz perfurado, Índia

Até hoje existe a tradição de perfurar o nariz na Índia. Às vezes, a joia do nariz é ligada a uma corrente com acessórios, pendurada na orelha. 

Fonte: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *