Dicas para uma mulher se dar bem na cama

Estudos realizados mostram que 50% das brasileiras possuem queixas sobre a vida sexual. Boa parte das mulheres atribui essa insatisfação à rotina do namoro ou casamento, dificuldade de chegar ao orgasmo e falta de desejo espontâneo de fazer sexo. Descartados os casos em que há problemas de saúde relacionados, é possível reverter esse quadro de desinteresse. Não deixe a responsabilidade nos ombros de seu parceiro! Com dedicação e força de vontade você conseguirá vencer a falta de desejo. Confira oito dicas para se dar bem na cama e retomar o prazer da vida a dois em todos os sentidos.

mulheres

Seja você mesma

O seu parceiro é atraído por você devido aos seus atributos físicos e à sua personalidade, não por uma versão idealizada do seu corpo e da sua atitude. Tenha isso em mente e libere-se! Seja você mesma e confie que suas qualidades e defeitinhos (que todo mundo tem) fazem você especial aos olhos do seu par. Se está com uns quilinhos a mais, não anda se sentindo tão bonita ou tem vergonha de alguma parte do seu corpo, relaxe. Quem sabe justamente aquilo que você não gosta em si mesma é o que mais atrai o seu parceiro?

Entregue-se

Já ouviu dizer que quanto mais se faz sexo, mais se tem vontade de fazer novamente? Pense nisso toda vez que se sentir desestimulada. Não espere o seu parceiro dar o primeiro passo: surpreenda-o com um beijo cheio de desejo. E quando for a vez dele procurar você, esteja aberta a receber suas carícias. Mesmo que você não sinta muita vontade no começo, relaxe e entregue-se ao prazer. Aos poucos você se sentirá cada vez mais desejada, estimulada e, consequentemente, verá aumentar a frequência e a potência das relações.

Saia da rotina

Não fique no feijão com arroz, muito menos no “papai e mamãe”. Saia da rotina e garanta o elemento surpresa que manterá a relação pegando fogo. Sempre tenha uma carta na manga para quando a vida a dois começar a esfriar: leve seu parceiro a um hotel romântico ou a um motel exótico, crie brincadeiras ou fantasias especiais ou simplesmente saia da cama e explore outros cômodos da casa. Evite também fazer sexo só antes de dormir: acorde-o de madrugada, aproveite o café da manhã e até o intervalo do almoço para uma rapidinha…

Saiba o que o seu parceiro gosta

Todo mundo tem preferências e fantasias na cama, inclusive o seu parceiro. Descubra o que ele mais gosta e aproveite a oportunidade para apimentar a vida a dois. A chave aqui é o diálogo sincero. Converse com seu par sobre desejos, vontades e fantasias dele. Perca a vergonha de tocar em assuntos que à primeira vista possam ser constrangedores. Além disso, experimente práticas diferentes no momento do sexo e preste atenção na reação do seu parceiro. Vocês só têm a ganhar construindo confiança e intimidade não apenas na cama, mas também no relacionamento em geral.

Saiba o que você gosta

De nada adianta satisfazer os desejos do outro se você mesma não estiver sentindo prazer. É importante se conhecer profundamente e saber o que você gosta para mostrar também ao seu parceiro o mapa da mina. Descubra os pontos do seu corpo onde você tem mais sensibilidade, sem preconceitos ou pudores. Tire da cabeça que a masturbação é algo pecaminoso, vexatório ou proibido, e sim encare-a como parte de um aprendizado sobre o seu corpo e a sua intimidade. O prazer sexual não deve partir apenas do outro: explore-se sozinha ou com a ajuda de brinquedinhos. Você descobrirá novas e excitantes sensações!

Ouse (ainda) mais

Está indo tudo bem no relacionamento e até a vida sexual está em alta? Pois sempre há espaço para melhorar ainda mais! Que tal dar um passo além e apimentar ainda mais o que já está quente? Todo dia é dia de inovar! Use uma lingerie especial, capriche numa posição nova ou no sexo oral, crie joguinhos eróticos, use comidinhas para abrir o apetite do seu amor… realize suas próprias fantasias e ouse muito além do comum. E nunca esqueça de se soltar e demonstrar com gestos e palavras todo o prazer que você está sentindo.

Livre-se de preconceitos

Só de ouvir frases picantes você já se arrepia, mas de constrangimento? Então livre-se dos preconceitos! Entre quatro paredes, vale tudo (ou deveria valer), desde que os dois estejam de acordo, claro. No entanto, se o seu parceiro quer tentar alguma novidade que você até poderia gostar mas tem vergonha ou nojo, pratique o desprendimento! Assuma um personagem para ajudar a ultrapassar esta barreira e procure estar aberta a colocar em prática os desejos do seu amor. Se à primeira vista eles podem ser estranhos, pelo menos tente escutar o seu par sem julgá-lo. Você pode se surpreender positivamente!

Proteja-se

Por último, mas não menos importante: cuide da sua saúde! A chave para uma vida sexual ativa e constante é a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis. Proteja-se delas e da gravidez indesejada levando preservativos sempre com você. Não entre no papo furado de que somente o homem deve ser responsável por oferecer proteção durante o ato sexual. Além disso, esteja com os exames ginecológicos sempre em dia. Ser boa de cama também significa estar preocupada com o seu bem-estar e o do parceiro nos momentos mais íntimos da relação.

Fonte: 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *